Fórum

𝐃𝐢𝐚 𝐍𝐚𝐜𝐢𝐨𝐧𝐚𝐥 𝐝𝐞 𝐋𝐮𝐭𝐚 𝐝𝐚 𝐏𝐞𝐬𝐬𝐨𝐚 𝐜𝐨𝐦 𝐃𝐞𝐟𝐢𝐜𝐢ê𝐧𝐜𝐢𝐚

Hoje é o dia em que se comemora o 𝐃𝐢𝐚 𝐍𝐚𝐜𝐢𝐨𝐧𝐚𝐥 𝐝𝐞 𝐋𝐮𝐭𝐚 𝐝𝐚 𝐏𝐞𝐬𝐬𝐨𝐚 𝐜𝐨𝐦 𝐃𝐞𝐟𝐢𝐜𝐢ê𝐧𝐜𝐢𝐚. A data foi instituída em 14 de julho de 2005, pela Lei Nº 11.133, mas já era lembrada desde 1982 por iniciativa de movimentos sociais. Uma pessoa com deficiência é aquela que tem impedimentos de longo prazo sejam eles de natureza física, intelectual ou sensorial. De acordo com a lei Brasileira de Inclusão, esses impedimentos em interação com barreiras arquitetônicas e atitudinais, podem obstruir a participação plena e efetiva na sociedade em igualdade de condições com os demais cidadãos.

O CEAL/LP ao longo dos seus 49 anos de existência sempre lutou pelos direitos das pessoas com deficiência auditiva e foi signatário de movimentos em prol da:

• Conquista de espaços;
• Defesa e ampliação dos direitos;
• Inclusão em todos os aspectos.

Uma das áreas de atuação do CEAL/LP é a Assistência Social. Por meio dela, as famílias são atendidas e orientadas, gratuitamente, sobre seus direitos priorizando ações que garantam sua inclusão social, conforme dispõe o Sistema Único de Assistência Social (SUAS) no Serviço de Proteção Social Especial de Média Complexidade.

Para isso são realizadas algumas ações como por exemplo:
• Encaminhamento e acompanhamento/monitoramento para a rede pública e privada de serviços (CRAS, CREAS, CAPS, Hospitais, Conselhos Tutelares, etc.) e benefícios sociais (BPC, PLDF, PLBR, Bolsa Família, etc.);
• Acompanhamento sociofamiliar para intervenção em situações de violações de direitos, como violência doméstica, abandono etc.;
• Articulação e participação nas instâncias político-burocráticas para ampliação e gestão participativa de serviços e de reconhecimento e promoção dos direitos
• Participação e representação nas atividades dos Conselhos de Direitos e de Políticas Públicas, como Conselho de Assistência Social/ DF, CNAS, CEPAS/ DF, CDCA/DF entre outros.
• Promoção de atividades para as famílias, como palestras sobre cidadania e cursos profissionalizantes nas áreas de estética, artesanato, alfabetização, informática etc.
• Articulação e mobilização de empresas/instituições para a inclusão de deficientes no mercado de trabalho com vinculação ao MPDFT/ Promotoria do Trabalho;
• Fomento e apoio organizativo à Associação de Pais e Amigos do CEAL/LP – APAC.

Nossa grande fonte de inspiração ainda nos dias de hoje foi aquele que consideramos o primeiro que lutou pelos direitos da Pessoa com Deficiência Auditiva – nosso Santo Ludovico Pavoni que em 1838 fundou uma das primeiras escolas para surdos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *